Compatibilidade com Internet Explorer 8: Parte 2

Publicado: 01/10/2009 em IE8

Na primeira parte dos posts de compatibilidade de aplicações web, mostrei como o usuário comum do navegador pode se beneficiar e utilizar o mecanismo de compatibilidade do Internet Explorer 8 em sua navegação.

Neste post vou mostrar como os desenvolvedores e IT Pros podem controlar o mecanismo de compatibilidade, e já adianto, estes sim tem controle total sobre o mecanismo.

Como dito anteriormente, a instalação do IE8 inclui além do engine novo, os engines antigos do navegador para manter a compatibilidade das páginas desenvolvidas para estas outras versões de Internet Explorer.
Para controlar este mecanismo para que utilize um engine específico para executar uma página o desenvolvedor pode utilizar a tag de compatibilidade, que consiste em uma tag <META> com valores específicos que apenas o Internet Explorer entende.

Tag de Compatibilidade

Este é um exemplo de utilização da tag de compatibilidade:

<meta http-equiv="X-UA-Compatible" content="IE=7" />

Esta tag indica ao IE8 que ele deve utilizar o engine do Internet Explorer 7 para executar a página. Assim todos os recursos do IE7 estarão disponíveis, inclusive bugs. Portanto é imprescindível que tome muito cuidado ao tomar a decisão de utilizar a tag de compatibilidade, pois o usuário terá a mesma experiência que ele tinha na versão antiga do Internet Explorer, descartando APIs novas e melhorias na execução de scripts e estilos CSS.

Abaixo a tabela com todas os valores que podem ser utilizandos na tag de compatibilidade.

image 

Existem algumas observações sobre casos especiais relacionado às tags de compatibilidade
1) O modo Quirks assume o comportamento do standards de IE5 e IE6, que não possuem mudanças tão significativas.
2) O modo IE7 Standards + Doctype, resultante da tag EmulateIE7 leva em consideração o doctype da página para determinar como ela será executada, da mesma maneira como acontece no IE7.
3) A tag EDGE faz com que o navegador assuma o engine que atende aos Standards mais atuais, no caso do IE8 é o engine do IE8, mas isto em versões futuras virá a ser IE9, IE10 e assim por diante.

Além de ser possível adicionar esta informação por página, existe ainda a possibilidade de adicionar esta informação através de cabeçalhos HTTP diretamente no servidor web ou através do web.config se a tecnologia de servidor for Asp.Net.

Quando eu falo de servidor não é apenas o IIS da Microsoft, mas também o Apache ou qualquer outro servidor web que suporte cabeçalhos http customizados.

Configurando a tag de compatibilidade no IIS (Inglês)
http://msdn.microsoft.com/en-us/library/cc817572.aspx

Configurando a tag de compatibilidade no Apache (Inglês)
http://msdn.microsoft.com/en-us/library/cc817573.aspx

Com este recurso, tanto Desenvolvedores como IT Pros podem controlar o comportamento dos sites que no momento precisam rodar com o Internet Explorer 8 e não podem se adequar aos padrões web e às mudanças da nova versão.

No próximo post falarei sobre o DocumentMode, o resultado final da combinação de Tag de compatibilidade e Doctypes.

Até a próxima e divirtam-se!

Compatibilidade com Internet Explorer 8: Parte 1
Compatibilidade com Internet Explorer 8: Parte 3

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s