Todos precisamos MORRER

Publicado: 14/05/2004 em IntoSpaces

Ol Pessoal!!

Ontem foi dia de folga da competio, tirei a noite pra desestressar!! heehehhehe 😉

Ento hoje vou abordar um tema que foge do mundo digital e entra diretamente dentro do nosso EU

Meu amigo Rafael(tusco – tusco@hotmail.com), em uma de suas andanas pelas cidades aki do interior de SP, Macedonia, achou um "manuscrito" muito interessante, o qual eu li e fao questo que todos leiam, pois com certeza todos podem tirar algo daki, ento leiam com atencao e nao se esquecam de Morrer…

Mate o seu EU
Mate o seu EU Num artigo muito interessante, Paulo Angelim, que arquiteto, ps-graduado em Marketing, dizia mais ou menos o seguinte:
"Ns estamos acostumados a ligar a palavra morte apenas ausncia de vida e isso um erro. Existem outros tipos de morte e precisamos morrer todo dia.
A morte nada mais do que uma passagem, uma transformao. No existe planta sem a morte da semente, no existe embrio sem a morte do vulo e do esperma, no existe borboleta sem a morte da lagarta, isso bvio!
A morte nada mais do que o ponto de partida para o incio de algo novo.
" a fronteira entre o passado e o futuro…"
Se voc quer ser um bom universitrio, mate dentro de voc o secundarista areo que acha que ainda tem muito tempo pela frente.
Quer ser um bom profissional? Ento mate dentro de vo o universitrio descomprometido que acha que a vida se resume a estudar s o suficiente para fazer as provas.
Quer ter um bom relacionamento?
Ento mate dentro de voc o jovem inseguro ou ciumento ou o solteiro solto que pensa poder fazer planos sozinho, sem ter que dividir espaos, projetos e tempo com mais ningum.
Enfim, todo processo de evoluo exige que matemos o nosso "eu" passado, inferior.
E, qual o risco de no agirmos assim?
O risco est em tentarmos ser duas pessoas ao mesmo temop, perdendo o nosso foco, comprometendo essa produtividade, e, por fim, prejudicando nosso sucesso.
Muitas pessoas no evoluem porque ficam se agarrando ao que eram, no se projetam para o que sero ou desejam ser.
Elas querem a nova etapa, sem abrir mo da forma como pensavam ou como agiam.
Acabam se transformando em projetos acabados, hbridos, adultos "infantilizados".
Podemos at agir s vezes, como meninos, de tal forma que no matemos as virtudes de criana que tambm so necessrias a ns, adultos, como: brincaderia, sorriso fcil, vitalidade, criatividade etc.
Mas, se quisermos ser adultos, devemos necessariamente matar atitudes infantis, para passarmos a agir como adultos.
Quer ser algum (lder, profissional, pai ou mo, cidado ou cidad, amigo ou amiga) melhor e mais evoludo?
Ento, o que voc precisa matar em si, ainda hoje, para que nasa o ser que voc tanto deseja ser!?
Pense nisso e morra!
Mas, no esquea de nascer melhor ainda!

Espero que tenham gostado!!
um grande abrao a todos []
Shinji

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s